Notícias Universidades

Enem deve mudar em 2020 por causa da nova base currícular

O Enem se tornou a porta de entrada de universidades e deve se adaptar a isso em 2020, seguindo as diretrizes da nova Base Currícular do Ensino Médio.

Ontem, o Ministro da Educação afirmou que o formato atual do Enem deve mudar em 2020. A ideia é que o Enem deverá acompanhar as mudanças estabelecidas pela Base Nacional Comum Curricular do ensino médio.

O Enem foi estabelecido em 1998 com o intuito de avaliar o ensino médio, mas com o tempo passou ser utilizado como forma de entrada nas faculdades públicas e privadas, além de servir como base para a avaliação de candidatos para o SiSU.

Base curricular do Ensino Médio

A última versão da Base Curricular do Ensino Médio foi entregue pelo Ministério da Educação ao Conselho Nacional de Educação em abril de 2018.

Atualmente, ela está sendo debatida em audiências públicas pelo país. As próximas acontecerão em Belém e em Brasília.

Mudanças no Ensino Médio

As mudanças estabelecidas pela reforma do ensino médio, aprovada em dezembro de 2017, prevê que apenas as áreas de linguagens e matemática deverão ser oferecidas aos estudantes obrigatoriamente nos 3 anos do ensino médio.

Os outros campos de conhecimento podem ser distribuídos ao longo desse período, a critério das redes de ensino.

Do total da carga horária nos três anos de ensino médio, 1.800 deverão ser guiadas pela nova base currículas. As demais 1.200 passarão a pertencer aos “itinerários formativos“, nos quais as escolas poderão oferecer uma formação acadêmica mais aprofundada em uma ou mais áreas do conhecimento, em detrimento das demais.

Compartilhe nas redes sociais:

Deixe um comentário